Ministro da Saúde alerta para risco de epidemia de dengue em MG.

Ministério da Saúde acendeu a luz de alerta para o risco de uma epidemia de dengue no próximo verão em Minas. O Estado está entre os 19 classificados como de nível alto ou muito alto para risco de uma epidemia da doença. Só neste ano, 86 pessoas no Estado morreram vítimas do tipo comum e hemorrágico da doença, um crescimento de 258% em relação aos óbitos registrados em todo o ano passado, segundo a Secretaria de Estado de Saúde. Novos números serão divulgados hoje.

Os casos de dengue com complicação em Minas também já ultrapassaram os índices de 2009. Nos primeiros oito meses deste ano, o número de registros de complicações da doença já superou em 82% os registrados no ano passado. Até a última semana foram 764 casos contra 418 do ano passado.

Segundo a referência técnica em dengue da Secretaria de Estado de Saúde de Minas, Kauara Brito, os números crescentes da doença são ainda mais assustadores se for considerado que não houve uma mudança climática que pudesse justificar a elevação dos registros. Para Kauara, índices tão altos são fruto do descuido da população.

No próximo mês, o Estado irá realizar o Lira (Levantamento Rápido de Índices de Infestação para Aedes aegypti). O resultados irão nortear as ações de combate a doença no próximo verão. “A dengue é uma doença que não depende somente do poder público. A dengue é influenciada por outros fatores como a educação e conscientização das pessoas e a limpeza urbana. Se todos esses agentes não caminharem juntos, não será possível controlar a doença. O poder público também tem a sua parte, mas a população tem papel fundamental nesse controle”, avalia Kauara.

Prevenção. O ministro José Gomes Temporão anunciou ontem que irá adotar uma nova forma para avaliar o risco de epidemia de cada Estado e município. Os critérios serão incidência de casos nos anos anteriores, índices de infestação pelo mosquito Aedes aegypti e tipos de vírus da dengue em circulação, cobertura de abastecimento de água e coleta de lixo e a densidade populacional. Belo Horizonte já adota o método.

Segundo Temporão, apesar do auxílio dos novos dados, não existem medidas inéditas do combate ao vírus, além das que o ministério já anuncia há anos. “Não há mágica”, disse o ministro.

Verba

Prevenção. O Ministério da Saúde vai liberar R$ 1 bilhão do Teto Financeiro de Vigilância em Saúde, em 2011. O valor é repassado a Estados e municípios para o combate de diversas doenças, como a dengue.

CONFIRMADOS

Em BH, índices são 291% maiores que os do ano passado
Na capital, os números de casos confirmados de dengue, neste ano, são 291% maiores do que todos os registros feitos ao longo de 2009. Nos primeiros oito meses deste ano, a Secretaria Municipal de Saúde confirmou 50.491 casos, contra 12.911, em 2009. Em 2009, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, nenhuma morte por dengue foi registrada em Belo Horizonte. Neste ano, já são 15 óbitos.

O secretário adjunto de saúde, Fabiano Pimenta, reforça que o cuidado da população é fundamental no combate à doença. Além disso, no ano passado, disse ele, o período chuvoso atípico contribuiu para alta dos índices. “Os casos do primeiro semestre de 2010 estão relacionados às chuvas do ano passado. Em 2009, tivemos o outubro mais chuvoso dos últimos 30 anos”.

Pimenta alerta que a população deve começar a prevenção para o verão imediatamente. Os pratinhos de planta, explicou, são o segundo local em que há maior ocorrência de proliferação do mosquito transmissor da doença.

O secretário explica que o ovo do Aedes aegypti sobrevive até um ano em um criadouro. “Certos fatores, como o clima, não podemos controlar. Mas manter o pratinho da planta sem água parada está ao alcance de todos”, observa.

A prefeitura já fez 155 mutirões de limpeza contra a dengue, em 2010, quando foram recolhidas 2.500 toneladas de lixo e cerca de 7.000 pneus velhos. (TT)

Texto retirado do jornal O Tempo.

Anúncios
Published in: on 07/09/2010 at 19:23  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://mariliaescobar.wordpress.com/2010/09/07/ministro-da-saude-alerta-para-risco-de-epidemia-de-dengue-em-mg/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: