Uso de sacola plástica fica proibido em BH a partir de fevereiro.

Amigos,

Quando recebi essa notícia pelo Twitter através do amigo verde VOZES DO CLIMA, eu juro que me deu vontade de gritar bem alto. Um sonho agora está virando realidade!! Basta agora analisarmos se esta lei será realmente cumprida.

Vamos fazer a nossa parte!! Existem inúmeras sacolinhas de pano, super fofas, que podemos levar ao supermercado para carregar nossas compras. Inclusive aqui no blog já foi publicado uma dica. Confira!!

Marilia Escobar


A sacolinha de plástico convencional está com os dias contados em BH. A partir de 28 de fevereiro, entra em vigor a Lei 9.529/08, que proíbe o uso das embalagens que não sejam produzidas de material reciclável ou biodegradável. Sancionada pelo então prefeito Fernando Pimentel, a medida passa a valer para todos os estabelecimentos comerciais da cidade, que terão de oferecer alternativas ecologicamente corretas. Segundo especialistas, o saco de plástico tradicional é um dos grandes vilões do meio ambiente, já que pode levar até 400 anos para se decompor, enquanto os não provenientes do petróleo levam, no máximo, 18 meses para se degradar.

Originária de um projeto de lei do vereador Arnaldo Godoy (PT), a nova lei estabelece que supermercados, padarias, açougues, lojas de roupas e todos que não cumprirem a norma estão sujeitos à multa de R$ 1 mil, aplicada em dobro na reincidência, a cassação do alvará de funcionamento e até a interdição. Alguns supermercados e lojas da capital já aderiram à substituição das sacolas. O superintendente da Associação Mineira de Supermercados (Amis), Adilson Rodrigues, porém, ressalta os altos custos da sacola ecologicamente correta. “Enquanto a convencional custa R$0,30, a biodegradável sai por R$ 3.” Para que os preços não sejam repassados ao consumidor, ele aposta na conscientização da população com a adesão da sacola retornável.

Mesmo prestes a entrar em vigor, a lei ainda é desconhecida para muitos belo-horizontinos. Na tarde dessa terça-feira, sob chuva fina e carregando oito sacolas de plástico e uma retornável, a diarista Marlete Soares Moreira, de 43, do Bairro Guarani, na Região Norte, caminhou quase um quilômetro de um sacolão na Avenida Cristiano Machado, onde acabara de fazer compras, até sua casa. “Como é que a gente vai fazer? Só se eu levar uma caixa ou sacola bem maior”, disse Marlete, que, apesar da dificuldade, aprova a medida e disse que vai buscar soluções para acondicionar os produtos.

Diante de um supermercado na Avenida Waldomiro Lobo, também no Guarani, o casal Rosileno e Leni Wanderlei, morador do vizinho Bairro Tupi, põe fé na sacola ecológica para reduzir os problemas. “A lei é necessária e temos que buscar alternativas, mas não sabia que havia sido aprovada. O cidadão deve ter responsabilidade e fazer sua parte”, afirmou Rosileno, de 43, técnico gráfico.

Já o advogado Adílio Lobão, morador do Bairro Belvedere, mostrou conhecimento da lei. Empurrando o carrinho de compras num supermercado da Zona Sul, que oferece sacolinhas biodegradáveis, ele afirmou que espera que todos os supermercados façam a substituição: “O meio ambiente agradece”. Ao colocar as embalagens no porta-malas do carro, a arquiteta Renata Paranhos Pinto contou que não sabia da regra, mas se declarou “totalmente contra as sacolas de plástico”. O namorado Leonardo Schayer Dias disse que espera maior conscientização dos moradores. “No lugar do plástico, as caixas de papelão”, indicou.

Apesar de bem-intencionada, a lei, na opinião do ambientalista Apolo Heringer, não resolve o problema. “A produção dessas sacolas biodegradáveis também gasta energia e polui o meio ambiente, assim como o transporte e o processo de reciclagem.” Para o especialista, é preciso aprofundar a discussão e investir na educação da população. “Mudando apenas o material, não se muda o mais importante, que é o hábito das pessoas”. Por isso, para Heringer, a melhor solução para o meio ambiente continua sendo a velha e boa sacola retornável, feita de pano ou palha, com durabilidade de até 10 anos.

Pesquisa

A iniciativa de Belo Horizonte parece ter a concordância de grande parte dos brasileiros, já que a pesquisa Sustentabilidade: aqui e agora, do Ministério do Meio Ambiente (MMA) em parceria com outras instituições, revelou que 60% das pessoas são a favor de uma lei para proibir o uso de sacolas plásticas. O levantamento feito entre 27 de setembro e 13 de outubro em 10 capitais, incluindo BH. Ainda segundo o MMA, Espírito Santo, Maranhão, Goiás, Paraná e Distrito Federal já têm leis semelhantes que estabelecem a substituição das sacolas plásticas.

Texto retirado do jornal Estado de Minas.

Anúncios
Published in: on 08/01/2011 at 10:06  Comments (36)  

The URI to TrackBack this entry is: https://mariliaescobar.wordpress.com/2011/01/08/uso-de-sacola-plastica-fica-proibido-em-bh-a-partir-de-fevereiro/trackback/

RSS feed for comments on this post.

36 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Ótima notícia minha Flor!

  2. Marília,
    Morro de pena quando vejo as pessoas recolherem tartarugas mortas e quando abertas, seus estômagos e intestinos estão cheios de sacos plasticos. Elas os confudem com algas e daí a catástrofe marinha. Tomara que o saco plático vá e não volte mais. E que voltem as velhas e inofensivas sacolas de pano retornáveis.
    Beijo e parabéns pelo lindo blog, orgulho do pai.

  3. Antigamente, tinha umas sacolas de papel, fornecidas pelos supermercados.Estados Unidos tem sacolas de papel.
    Não podemos ficar sem sacola nenhuma.
    Os homens que não tem carro não podem ir trabalhar de terno e gravata levando uma sacola reciclável,Já imaginaram que lindo o cara ir trabalhar de sacolinha? Não é justo também, comprar sacolas recicláveis com propagandas dos supermercados. Quer fazer propaganda, dê a sacola.
    Sou a favor a volta das sacolas de papel.

  4. uff, ate que fim.

    • Realmente, amigos. Essa lei é SENSACIONAL.

      Porém, meu maior medo é que ela fique somente no papel. Tomara que não!!!!

      Beijos!!

  5. Mais uma questão: A maior parte das pessoas não usa as sacolas para colocar o lixo depois?
    Pois é: Não vão todos ter que comprar sacos para colocar o lixo? Tá, e os sacos são feitos de que?
    A conscientização deve ser feita para que não joguem nada nos mares e rios e não contra as sacolas plásticas.
    Afinal além das sacolas nos mares tem pneus, geladeiras, tv,redes de nylon que morre muita tartaruga, golfinhos, que os pescadores largam a redes velha no mar.
    Tinha que ter uma lei é contra a má educação. Mas, metade dos políticos são mal educados…tá dificil.

    • Otávio,

      Jogar lixos em mares e rios é mais conscientização do que criação de lei. Já as sacolas plásticas demoram cerca de 400 anos para se degradarem. Imagina o impacto disto na natureza. Multiplique isto pelo número de sacolas plásticas descartadas por todas as família brasileiras. Pensou no estrago?

      E existem sacolas bio oxidáveis ou de material reciclado que podem ser usadas para descarte de lixo.

      Meu amigo, para tudo há uma solução!!!

      De qualquer maneira, muitíssimo obrigada pela opinião. Você é sempre muito bem vindo!!!

      • Interessante esta Lei de BH de proibir o uso de sacolas plasticas.No meu ponto de vista isto é mais uma lei de algum politico que quer se aparecer. Se fosse uma lei bem feita deveria proibir não so as sacolas, mas sim os sacos de hort frut, o saguinhos de feijão, de arroz, de macarrão etc…
        Porque so as sacolas? Sendo que segundo pesquisas as sacolas representam somente aproximadamente 7% do plasticos produzido no Brasil.

  6. olá, Marília!
    estava à procura desta reportagem do estado de minas e encontrei o seu blog.
    tenho um blog recém-criado de produtos ecologicamente corretos – inclusive sacolas ecológicas – e vou postar a reportagem lá. gostaria de saber se posso usar a imagem que você colocou aqui no seu blog. adorei!
    obrigada, grande abraço!
    Helen
    vamos cuidar do nosso planeta?
    universodasideias.wordpress.com

    • Querida,

      Fique a vontade!!!!

      Abraços e volte mais.

  7. Isto vai longe. O que tem que acabar é isto de proibir sacolas plásticas. Esta estória de sacos biodegradáveis é pura fantasia.
    Se as sacolas plásticas são 7% não vai resolver nada.
    Tem que fazer campanha contra tudo em sacos plásticos.
    Estava procurando sacos de lixo e não existe 1 Biodegradável e sim plásticos mais grossos. Nada da palhaçada de proibir sacolas em supermercados é politicagem barata.
    Porque não sacolas biodegradáveis?
    Já disse quero ver um homem de paletó carregando bolsinhas recicláveis. Que tal as recicláveis feitas todas de plástico. Afinal não vi nenhuma reciclável de verdade. Quando ficarem feias e sujas vão pra onde?
    Cadê as velhas sacolas de papel que existiam antigamente?
    Sabe o que parece esta campanha? Aquelas de proibído celular no carro. Na 1ª semana tinha gente sendo presa pela lei. Hoje vemos policiais ao volante com o celular no ouvido.
    Gente estamos no Brasil e tudo só funciona no começo.
    Agora vamos criminalizar as simples sacolinhas dos supermercados? Pára
    Quero ver a imensa quantidade de plástico de tudo que é jogado fora.
    Tem plasticos de óleo de carro, toneladas de garrafas pet… e as simples sacolinhas que pagam o pato?
    Vamos lá, dê ratinhos as cobras porque são ratos e valorizem as cobras só porque comem ratos. Mas alguém quer criar um dos dois?
    Façam campanha para tudo reciclável e não contra as os ratinhos.
    Ah e comecem agora, cheguem em casa e acabem com tudo que seja de plástico, potes de remédio e tudo mais…
    Quem será o 1º levanta a mão.

  8. Outra coisa, biologicamente falando. O país está todo errado.
    Salve minha avó, não existia plástico nenhum na época dela.
    Mas hoje, com licença tenho que jogar meu teclado, monitor, mouse, a tv, impressora, ar condicionado, máquina de lavar, xiiiiiiiiiii
    Vamos jogar tudo fora. É tudo plástico.
    Gente, infelizmente tenho que informar que não vamos mais entrar na net segundo a biologia extremamente correta, ou seria ecológicamente?
    Abraços a todos, mas parabéns Marília conseguiu gerar polêmica.
    Cria agora uma matéria de falsos pastores, igrejas evangélicas com promessas.

    Olha o nº de visitas vai estourar. Bjs

    • Otávio,

      Primeiro tenho que te agradecer pela visita ao blog. Se o assunto não fosse assim tão interessante, não geraria tantos comentários. Já falar de igrejas e pastos, isso a internet está cheia, não há necessidade de mais um blog a respeito. O número de visitantes já duplica por dia, portanto, pra mim, está de ótimo tamanho.

      Já com relação as sacolas plásticas, achei maravilhoso, estonteante, esplendoroso… acho que é dessa forma que as pessoas vão criando consciência de certos desperdícios e exageros. É claro que hoje, alguns eletrodomésticos são indispensáveis a vida humana e muitos deles são fundamentais para ela. Porém, se há possibilidade de diminuição ou paralisação de seu uso pela troca de algo ecologicamente correto, por que não fazê-lo? Ou ao menos tentar? Idéias e leis assim terão meu apoio incondicionalmente!!

      Obrigada pela visita e comente mais!!!!

      Abraços.

  9. Opa linda, então comece agora com a campanha contra as garrafas pet que inundam mares e rios e redes de nylon, as maiores assassinas de nossa vida marinha. Afinal não tem só as tartarugas e quantas delas, golfinhos e tudo mais morrem em redes jogadas. Antigamente eram linhas de algodão onde qualquer bichinho com mais força rasgava. Agora morrem mesmo.
    Boa semana pra vc. Bjs

  10. Olá. Sou fabricante de sacolas plasticas, não as de supermercados, mas as feitas para lojas de calçados, confecções, material esportivo e mais…. Estando a 32 anos neste ramo, fico surpreso com cada materia que leio, infelizmente tem muita gente tentando ajudar sem ter conhecimento um pouco tecnico sobre o assunto.
    Falam em reciclado, degradavel, biodegradavel, oxibiodegradavel, sem o minimo de conhecimento, complicando ainda mais a cabeça dos bem intensionados.
    Hoje até li uma expressão nova “bio oxidavel”, essa tem que ser analisada profundamente. Na minha opinião, o que falta é a tal sacolinha ter valor economico, valor monetario, ela tem que deixar de ser de graça. Se a sacolinha custasse R$ 1,00 cada, voces acham que alguem iria sair jogando fora a toa? Como disse nosso amigo, nós vamos ter que comprar sacos para lixo, não vamos? então…. Que não seja este valor, mas algum valor ela precisa ter para que as pessoas valorizem e descatem com mais atenção, corretamente. Estive numa feira sobre plastico na alemanha em 1998, e nesta ocasião já paguei pelas sacolas que precisei utilizar numa loja de conveniencia em um posto de gasolina. Por que aqui até agora não é cobrada. Pior que fabrico sacolas plasticas bem acabadas, para serem muito reutilizadas, tipo retornavel, mas a expressão “sacola plastica” acaba atingindo meu produto de forma errada. gostaria de me estender e explicar aos leitores muito sobre degradação, mas o assunto é bem extenso, mas posso garantir a todos que solução há, basta alguns aceitarem desembolsar por volta de 10% a mais do que gastam hoje com embalegem e tudo estaria solucionado, mas a verdade é que as pessoas tem mais preocupação com o bolso do que com o meio ambiente. Bem, só pra terminar, as sacolas plasticas, TODAS, são feitas de material reciclavel, ou seja, podemos derrete-la e fazer sacola ou outro produto qualquer de plastico, mas e as fraldas descartaveis, que devido a sua composição, não aceitam reciclagem, como é que ficam? Essa eu garanto, polui mesmo! Não dá a minima chance. Vamos parar de usar?

    • Ricardo,

      Fiquei muito feliz quando vi seu comentário. É bacana também entender e ouvir o outro lado. Por isso, OBRIGADA pela visita.

      Com relação a material biodegradável relaciona-se a decomposição do material na natureza em um tempo muito menor que a sacolinha normal. Há pessoas que utilizam esses materiais de difícil degradação para fabricação de bijouterias, enfeites e isto é ótimo. Se cada pessoa que as utilizassem, dessem esse fim as famosas sacolinhas, imaginem que maravilha seria? Assim não teríamos tantos problemas com a poluição do meio ambiente.

      E tenho que concordar com você, se ela fosse paga, talvez a vida útil dela seria maior e não facilmente descartada como é hoje em dia.

      E quanto a seu material ser reciclável, isso é bom. Porém só é feito por pessoas que trabalham com este material. Como uma família brasileira com pouca instrução poderá fazer isto? Daí, ficamos na mesma situação. Elas não sabem o que fazer com a sacolinha plástica e a jogam fora. Pelo menos se fosse descartada corretamente… o pior são aqueles que jogam na rua, no mar…

      Obrigada pela visita e pelo comentário. Você será sempre muito bem vindo!!!!

      • Só para acrescentar…

        Plástico biodegradável é aquele que pode ser degradado por micro-organismos (bactérias ou fungos) na água, dióxido de carbono (CO2) e algum material biológico.

  11. Ô gente! Cuidado com políticos. Se puderem fazer alguma coisa façam rápido. Quem vai ganhar com isto é só o dono da única fábrica de sacolas aprovadas para este fim. não é esquisito? Parece coisa do Kite de primeiros socorros,obrigatório,nos veiculos e que não servia pra nada;caindo a lei em desuso quando viram que tinha um político no meio da criação da lei e do único fabricante do Kite.voces já perceberam na grande maioria de comércio vai pegar alguma coisa de plastico e colocar numa sacola de papel? de uma embalagem de pasta de dente ou colherzinha de plastico até um refrigerante de 2 lts ou um velotrol? Cuidado.Sua aposentadoria pra eles chama beneficio e não seguro.Remédio de graça na farmácia popular pra eles chama ajuda do governo quando deveria chamar investimento em prevenção ou no mínimo um miseravíssimo retorno de imposto pago e mais um monte.O negócio se consegue pela educação,recursos e fiscalização e correção.Quando eu tinha 15 anos 85% dos brasileiros fumavam. Era um inferno.Cancer etc,etc e não foi preciso proibir o fumo.Eu não participo da vida social e política da minha cidade pela associação do meu bairro porque eu sou trouxa, cordeiro e maria vai com as outras mas voce eu sei que não é assim.Olha quanta gente morrendo em funçao do nosso sistema de saúde agonizante e o certo seria acabar com o sistema de saúde ; e educação? e ….Francamente acorda brasileiro,acorda.

  12. Grande sacada dos politicos!Repassar mais despesas pro povo,daqui uns dias vão querer que agente bata uma pedra na outra pra arranjar fogo!Aos que aprovem isso repasse de despesa para o povo,vai uma alternativa?Arranja alguem que tem peito pra proibir a coca cola de fonecer embalagens pet.ou entao põe o povo pra pagar tambem!Os humildes que fazem compras mensais,semanais agora terão que economizar nas compras pra pagar sacolinha!o povo não é idiota e sempre vai lembrar dos nomes destes ja chamados de “politicos das sacolinhas”

    • Wagner,

      Aceito sua opinião e pra mim, como moderadora do blog, é importantíssimo essa discussão saudável. Porém, não concordo com o que diz. Pelo contrário, aquelas pessoas mais humildes poderão comprar uma sacola reutilizável de R$ 2,00 e poderão utilizá-las muito mais tempo que uma sacolinha convencional. Será bom!

      O grande problema é que muitas vezes não estamos preparados pra mudanças, mas eu acho que essas serão para melhor.

      • Compra a sacolinha retornável e descarta o lixo de casa onde? Eu nunca joguei sacolinha no lixo, e sim as utilizo para coletar o lixo da minha casa. Então vou ter que pagar para ter um tipo de sacola que eu possa coletar os lixos da minha casa?

      • Wesley,

        Essa é uma boa atitude. Se todo mundo agisse assim como você, não precisaríamos tomas atitudes tão drásticas como essa de proibir a sacolinha plástica. O problema é que pessoas como vc não MINORIA.

        Então, acabamos sendo prejudicados por aqueles irresponsáveis.

        Volte mais!

  13. Qual vai ser a multa da coca cola por enxer os mercados de garrafas pet?Elas tambem vao ser biodegradaveis?estes politicos pensam que o povo é idiota.o povo vai ter que economizar nas compras pra pagar sacola plastica agora!!!

  14. Sr.Wagner, nem esta lei e nem tentar perseguir a Coca-Cola vai adiantar.
    Afinal, todas as empresas de refrigerante usam garrafas pet.
    A lei da sacola também não vai resolver.
    Podem olhar nesta foto da tartaruga que o plástico azul é daqueles de lixo que compramos nos supermercados e não de sacolas plásticas.
    Agora quero ver os machões de sacolas recicláveis no ônibus ou no banco.
    Imagine o gerente de uma empresa indo trabalhar de sacolinha de mercado reciclável. Leva aonde ela?
    As redes de nylon, óleo e realmente coisas que jogam no mar, ninguém vai fazer campanha. Claro, não dá voto.
    Indico ainda aos machões que tem umas sacolas lindas da Vogue e outras marcas.

  15. Lindo! Batam palmas! Daqui a pouco vão cobrar pelo ar que respiramos sob uma alegação idiota qualquer e os brasileiros mais uma vez vão bater palmas.
    A superbactéria criada para justificar a receita para antibióticos, ou seja, a superbactéria protetora da classe médica e agora a mãe natureza sendo usada como desculpa para repassar o custo das embalagens para o consumidor. Estes e outros precedentes estúpidos vão continuar enquanto a ganância criativa de nossos governantes continuar fluindo.
    Batam palmas! Engulam mais esta e batam palmas!

    • Ao meu ver, Vladimir, só desta forma preservaremos mais nosso ecossistema. Se tivéssemos um pouquinho mais de educação, não precisaríamos de atitudes tão impactantes.

      Obrigada pela visita.

  16. Opa, aqui estou eu de volta..rsrs
    Mas agora novas pesquisas mostram que o resto é pior que as sacolinhas, aliás as minhas continuam sendo usadas para lixo.
    Afinal se vocês comprarem sacos de lixo, vão comprar de que? Reciclável?
    Que por sinal esta tartaruga que está com o saco na boca, pela cor é de lixo e não de supermercado.
    Mas enfim: está aqui a nova pesquisa mostrando que materiais são O Vilão deste filme.
    @estadao Sacola plástica causa menos danos ao ambiente que as de papel ou tecido, aponta estudo: http://migre.me/4e8tF

    • Olá, Otávio.

      Concordo com o que disse neste último comentário. Todos os materiais, quando não usados adequadamente, são grandes poluentes. O que me deixa mais tranquila é que se toda família tiver uma única sacola de tecido retornável, usará somente esta e não milhares como ocorre com as sacolinhas plásticas. Dessa forma, troca-se várias sacolinhas de plástico por UMA de tecido. O impacto já é menor.

      Mas lembre-se, não estou aqui para defender uma sacola ou outra. O que eu acho importante é a PRESERVAÇÃO AMBIENTAL.

      Contribua mais vezes.

      Abraços!

  17. OS FABRICANTES DE SACOS PLÁSTICOS DE LIXO E OS SUPERMERCADOS ESTÃO RINDO À TOA DE NÓS OTÁRIOS.
    Os primeiros, porque venderão mais sacolas de lixo. Os supermercados, pela economia gerada e aumento no faturamento NÃO MAIS COMPRANDO SACOLAS PLÁSTICAS E AINDA VENDENDO SACOLAS DE PAPEL E SACOS DE LIXO.

    MAIS TERRA DA AGRICULTURA OCUPADA COM EUCALIPTO PARA PRODUZIR SACOS DE PAPEL.
    EM QUAL EMBALAGEM COLOCAREMOS O LIXO MOLHADO?
    NA SACOLA DE PAPEL? NA CAIXA DE PAPELÃO?

    MEUS PARABÉNS PELO GOLPE DE MARKETING.

  18. bom gostei da lei estou gastado bem menos acho que os mercados ñ est/ preocupados estudar novas ideias p/clientes as pessoas estao colocado produtos de limpeza com alimentos isso tambem preocupante eles vende uma sacolinha por 0,19 poderia ser papel e os direito do consumidor os mercados proibido de dar sacolas pode vende sacolas ir ao mercado ficou transtorno .

    • Eu sabia que isto ia acontecer, afinal não são as sacolas de supermercados que poluem o mar ou os rios, geralmente usamos para colocar o lixo. O que vai por mar e rios, são os mal educados que jogam até tv, geladeiras, fogões e toneladas de garrafas pet. Como eu já disse num post, aquele plastico na boca da tartaruga não é de sacola de supermercado. Estas campanhas só incentivaram as indústrias de plástico a vender mais e os supermercados poder cobrar por produtos que antes davam. Agora onde o povo entrou de gaiato e aprovaram a lei pagam pela sua luta em prol da natureza, donde eu desde já sabia que não era o que causava a poluição. Outra coisa agora também estão comprando sacos de lixos. E eles são feitos de que??????

  19. ONDE ESTÁ MEU ÚLTIMO COMENTÁRIO?????? AGORA DE 2012.

    • Olá, Otávio.

      Obrigada pela visitas, mas, continuo com a mesma opinião de antes!

      Abraços,

      Marilia

      • Apareceu agora em cima, acho que a postagem demorou para aparecer pra você. Seu blog continua ótimo. Abraços e grande 2012.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: