Vistoria confirma que 10% das árvores do Parque Municipal estão podres ou doentes.

Pelo menos 10 % das árvores do Parque Municipal de Belo Horizonte estão condenadas. Este é o diagnóstico parcial de uma força-tarefa montada para vistoriar as 3.700 árvores do local. As árvores mais antigas ganharam um novo colorido após a primeira etapa de trabalho. Fitas vermelhas, amarelas, verdes e brancas indicaram o estado de conservação das espécies. A fita de cor verde indica que a árvore está saudável, a branca explica que é necessário poda, a amarela requer uma vistoria complementar e a fita de cor vermelha indica que a árvore deve ser retirada.


A equipe formada por 25 pessoas é composta por técnicos das nove regionais da Prefeitura, Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Fundação Municipal de Parques (FMP), Fundação Zoo Botânica, Defesa Civil, Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros e Cemig. Até agora, foram diagnosticadas 21 supressões, 22 podas, 15 vistorias complementares e 143 árvores saudáveis.

Segundo o presidente da Fundação de Parques Municipais, Luiz Gustavo Fortini, a expectativa é aumentar o ritmo do trabalho e vistoriar cerca de 250 árvores diariamente. De acordo com o diretor do Parque Municipal, Homero Brasil, a Fundação de Parques Municipais já vinha desenvolvendo esse trabalho. “Estamos acelerando o processo de tal maneira a dar garantia para que esse risco seja minimizado”, contou.

A medida de fechamento do Parque Municipal foi tomada após a queda de uma árvore que atingiu uma mulher no último dia 12 de janeiro.  “Em função deste incidente e após uma exaustiva avaliação do ocorrido, decidimos que, por uma questão de segurança dos usuários, o Parque Municipal Américo Renné Gianetti seria fechado temporariamente para que possamos acelerar o trabalho de vistoria, concluir os estudos de avaliação e tratamento das árvores”, explicou o Luiz Gustavo Fortini.

Texto retirado do site da Rádio Itatiaia.

Anúncios
Published in: on 01/02/2011 at 20:32  Comments (2)  

The URI to TrackBack this entry is: https://mariliaescobar.wordpress.com/2011/02/01/vistoria-confirma-que-10-das-arvores-do-parque-municipal-estao-podres-ou-doentes/trackback/

RSS feed for comments on this post.

2 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Resta aguardar que como em qualquer empreendimento, em qualquer licenciamento feito por simplpes mortais ( e não pelo Poderoso-Poder Público Municipal)também seja feita a compensação ambiental florestal – e em boa proporção- das érvores que eventualmente sejam cortadas….aguardemos.

    • Pois é… eu também pensei nisso?

      Poxa vida, perderemos árvores demais no único espaço preservado que ainda resta na região.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: