Jabuti com pata amputada ganha mais uma rodinha para se equilibrar, em Uberaba.

Um jabuti adulto que foi submetido a uma cirurgia para substituição da pata esquerda por uma rodinha de cadeira ganhou mais uma roda após reavaliação. De acordo com o médico veterinário que o operou, Cláudio Yudi, o jabuti se adaptou bem ao primeiro implante e passou por exame de retorno no dia 17 de março.

O veterinário optou por implantar mais uma roda, paralela à primeira, para dar mais equilíbrio ao casco. Com o uso de uma só roda, o animal se desequilibrava nos momentos em que ficava parado, como por exemplo, quando precisava se alimentar.

Segundo Yudi, com a nova roda, o jabuti voltou a se movimentar com mais facilidade e a expectativa é de que a recuperação seja mais rápida. Ontem, dia 31 de março, o animal teve novo exame para reavaliação das rodas e retirada dos pontos do local de amputação.

Conforme Yudi, o jabuti chegou ao Hospital Veterinário de Uberaba pela primeira vez há cerca de três semanas, com quase metade da pata esquerda já amputada. “Durante o período chuvoso, uma cerca elétrica caiu e feriu a pata esquerda dele. O ferimento deu bicheira e infeccionou bastante, ele chegou aqui com metade da pata amputada”, contou.

Texto retirado do jornal O Tempo.

Published in: on 31/03/2011 at 19:53  Deixe um comentário  

Proteja o Brasil do Deputado Jair Bolsonaro!

Amigos,

Recebi este email do Avazz e achei um absurdo tudo o que este senhor disse. E o pior, nós o elegemos para que nos representasse. Olha que contradição!!!

Discurso racista e preconceituoso.

Vejam.

Marilia Escobar

 

Caros amigos,

O Deputado Jair Bolsonaro deu uma entrevista homofóbica e racista chocante em rede nacional– expondo o preconceito terrível que ainda assombra o Brasil. Enquanto já existem leis que protegem pessoas contra a descriminação, pessoas trans, gays e lésbicas ainda não tem nenhuma proteção legal.

Somente no ano passado 250 pessoas foram assassinadas por serem trans ou homossexuais. A homofobia é real e ela mata. Mesmo assim não há lei que proteja pessoas GLBT da discriminação. Ainda se pode demitir alguém somente pela pessoa ser gay e a violência homofóbica não é punida como crime de preconceito.

Vamos direcionar a nossa indignação contra o Bolsonaro em uma ação concreta, acabando com este ataque à igualdade. Vamos pressionar o Congresso a aprovar a lei anti-homofobia que irá salvar vidas inocentes e ampliar proteções para todos os brasileiros. A petição será entregue em uma marcha massiva em Brasília. Clique abaixo para assinar:

http://www.avaaz.org/po/homofobia_nao/?vl

O Brasil se orgulha em ter uma cultura aberta e tolerante, se colocando como líder na luta por proteções aos direitos humanos no mundo. Mas o nosso país é também um dos lugares mais perigosos do mundo para transexuais — que sofrem uma violência brutal e execuções sumárias. Até mesmo o Deputado Jean Wyllys recebeu ameaças de morte por defender direitos GLBT no Congresso Nacional.

Nosso país sofre com uma mentalidade discriminatória retrógrada e perigosa que não reflete a sociedade que a maioria de nós quer.

20 Deputados já pediram investigação sobre Bolsonoro pela quebra de decoro parlamentar por racismo. Agora nós precisamos de uma lei contra crimes de homofobia e violência contra a população GLBT do Brasil. Assine a petição abaixo por igualdade e justiça– ela será entregue em Brasilia com a ajuda dos nossos amigos do All Out e grupos GLBT brasileiros:

http://www.avaaz.org/po/homofobia_nao/?vl

A Avaaz se mobilizou contra a legislação na Uganda que queria executar gays — e a proposta foi derrotada! Nós estamos organizando uma campanha contra a prática brutal de estuprar mulheres para “curá-las” do lesbianismo. Agora chegou a hora de nós lutarmos contra a discriminação e violência aqui no nosso país.

Com esperança,

Emma, Graziela, Luis, Alice, Ben, Iain e toda a equipe Avaaz

Leia mais:

Jair Bolsonaro dá entrevista polêmica no ‘CQC’, veja:
http://www.jb.com.br/cultura/noticias/2011/03/29/jair-bolsonaro-da-entrevista-polemica-no-cqc-veja/

Número de assassinatos de homossexuais bate recorde no País:
http://terramagazine.terra.com.br/interna/0,,OI4881858-EI6578,00.html

Grupo de parlamentares entrará com representação contra Bolsonaro por quebra de decoro:
http://oglobo.globo.com/pais/mat/2011/03/29/grupo-de-parlamentares-entrara-com-representacao-contra-bolsonaro-por-quebra-de-decoro-924120754.asp

Bolsonaro rasga Constituição a cada frase, diz movimento gay:
http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI5037642-EI7896,00-Bolsonaro+rasga+Constituicao+a+cada+frase+diz+movimento+gay.html

Saiba mais sobre All Out, uma nova organização internacional de direitos GLBT:
http://allout.org/pt/index

‘Estou me lixando para movimento gay’, diz Jair Bolsonaro:
http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI5037535-EI7896,00-Estou+me+lixando+para+movimento+gay+diz+Jair+Bolsonaro.html

Texto recebido por email pelo  Avaaz.

Published in: on 31/03/2011 at 19:36  Deixe um comentário  

Tsunami cria abrigo para pessoas e animais.

“Tsunami” é uma palavra japonesa cujo significado é “onda de porto”, mas em português o mais usado é a palavra “Maremoto”.

Para as estradas, construções e tudo o mais que esteja a frente de uma tsunami, a destruição é quase certa. Mas para a natureza, o planeta Terra, essa denominação de destruição, não ocorre. No Egito antigo, as enchentes do Rio Nilo é que foram as responsáveis pelas fartas colheitas, e com a abundância de alimentos, fizeram do Egito um grande império daquela época.

A devastação criada pela tsunami de 11 de março de 2011, no norte do Japão, somente poderá ser amenizada com muita solidariedade e compaixão por todos os seres que sobreviveram a tragédia.

Um dos adventos pós-tsunami no Japão, foi a criação de abrigos mistos, aonde as pessoas permanecem ao lado de seus animais de estimação.


Até o dia 17 de Março, nos abrigos improvisados, eles só tinham recebido alimentação para humanos. Alguns abrigos somente haviam recebido porções de arroz, e a água também é racionada. Mas a adversidade da situação parece ser compreendida por todos, inclusive os animais, os quais são alimentados com a porção de comida a qual cada família recebe diariamente e que divide com seus filhotes de pêlo.


Muitos socorristas e protetores revelaram que estão conseguindo reunir os animais resgatados a seus donos, graças a identificação que os animais tinham em suas coleiras, uma grande parte de animais foi encontrada com um saco plástico com fecho preso a coleira, dentro dinheiro e um bilhete que pedia a pessoa que encontra-se o animal , o devolve-se a sua família e que usa-se o dinheiro para alimenta-lo e  para o transporte.

Veja o vídeo com a reportagem e mais fotos dos abrigos mistos.

E lembre-se que em todo o mundo, pessoas e animais precisam da sua solidariedade e da sua compaixão. Nas catástrofes naturais e em outras tragédias, os animais quase sempre são os últimos a serem lembrados pelas autoridades para serem socorridos.

Os animais são seres, sentem fome, sentem frio, sentem dor, sentem tristeza e se solidarizam com a dor não só de outros animais, mas com a dor da tristeza humana. Solidarize-se você também, exija que o direito a vida dos animais seja respeitado. Os animais também tem direitos, cabe a nós o dever de cobrá-los.

Texto recebido por email pela Protetora Ana Piovezana.

Efeitos do álcool

Após 6 cervejas:

Após 2 taças de vinho:

Após 2 garrafas de vinho compartilhadas, é claro:

Após alguns whiskis:

Uma sessão de caipirinhas:

Após 7 cuba libres:

Após uma caipivodka com pura vodka:

Após uma garrafa de tequila:

Recebido por email.

OBS: Paiiii, muito bonitinho este email! Obrigada por ter lembrado do blog.

Published in: on 28/03/2011 at 21:48  Comments (1)  

Workshop Sustentabilidade em Gaia

Nos dias 2 e 3 de Abril será realizado o Workshop Sustentabilidade em Gaia em Casa Branca – Brumadinho – MG. O Workshop irá tratar de 4 dimensões da experiência humana: Sustentabilidade SOCIAL, ECONÔMICA, ECOLÓGICA e de VISÃO DE MUNDO.

Inspirado no Curso “Gaia Education”, tem abordagem pedagógica vivencial que pretende estimular a responsabilidade individual e a ação coletiva, investigando estes temas através de estudos conceituais aliados a dinâmicas de grupo.

Será ministrado pela equipe docente da ONG TERRA UNA – que é a coordenadora dos cursos Educação Gaia no Rio de Janeiro e na Ecovila Terra Una – e conta com uma equipe de produção composta por diversas instituições e parceiros locais.

É destinado a gestores, educadores, empresas, ONGs, líderes comunitários, profissionais e estudantes de todos os ramos interessados na temática da sustentabilidade.

“Educação Gaia” é um curso baseado em um currículo criado GEESE (Global Educators for Sustainable Earth) que há 11 anos desenvolve cursos em design e desenvolvimento de assentamentos humanos sustentáveis.

Seu currículo tem o endosso intelectual da UNITAR (Instituto para Treinamento e Pesquisa das Nações Unidas) e é uma contribuição oficial à Década Internacional da Educação para o Desenvolvimento Sustentável da ONU (2005-2014).


ENTRADA FRANCA

Local: VERDE FOLHAS
Alameda Jacarandá, 170 – Recanto da Aldeia (Casa Branca) – Brumadinho/MG
 

VAGAS LIMITADAS
Confirmação da vaga após envio da ficha de inscrição.

INSCRIÇÕES ATÉ 28 DE MARÇO EM:
http://sustentabilidadeemgaia.blogspot.com/
INFORMAÇÕES:
(31) 3461-6851 – gaiabh@terrauna.org.br

LINKS DE REFERÊNCIA
Gaia Education: www.gaiaeducation.org
Educação Gaia Brasil: www.gaiabrasil.net
Terra Una: www.terrauna.org.br

Texto recebido por email.

 

Oficina “Construção de YURT (tecnologia de habitação dos povos nômades)”

Published in: on 27/03/2011 at 22:50  Deixe um comentário  

Palestra gratuita em SP sobre Perícia Forense.

Amigos,

Eu que AMO Medicina Forense, quase morri quando vi esta palestra e claro, se morasse em São Paulo, não perderia por nada. Não percam a oportunidade!

Marília Escobar

Palestrante – Prof. Adelino Poli Neto. Especialista: em Saúde Pública pelo Conselho Regional de Biologia, em Hematologia pelo Conselho Regional de Biologia, e em Patologia Clínica pela – Universidade de Mogi das Cruzes. Membro da Sociedade Brasileira de Anatomia e da Associação Brasileira de Entomologia Forense.Professor Temporário da Academia de Polícia Civil da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo convênio SENASP – ACADEPOL -MJ.2010. Membro da Comissão de Estudos Sobre Perícias Foreses OAB – Ordem dos Advogados do Brasil, Seção São Paulo.

As Ciências Forenses são fascinantes pela sua complexidade, afinal de contas quem nunca se prendeu assistindo a um seriado policial? Por isso buscamos através desta Palestra mostrar e compreender que o importante é saber quando a prova do fato depende do conhecimento técnico ou científico. Dentro deste contexto os peritos são escolhidos entre profissionais de nível universitário devidamente inscrito no órgão de classe competente, lei 7270 de 10-12-1984, sendo que nas perícias do fórum civil, caso seja necessário, o juiz nomeia o seu perito, que é denominado “perito do juiz” e cada parte indicará um assistente técnico que poderá elaborar quesitos a serem respondidos pelo perito do juiz, e poderá criticar, concordar ou complementar o laudo do “perito oficial” que pode ou não ser aceito pelo juiz CPC, lei federal nº. 5869 de 11-01-1973.

Por fim trataremos de maneira geral as responsabilidades e atuações nas áreas de: Toxicologia, Hematologia, Botânica Forense, Zoologia Forense, Piloscopia, Exame de unhas, Líquidos corporais, Genética Forense (Identificações), Sexologia Forense (paternidade, gravidez, aborto, reprodução humanas e anomalias genéticas ligadas ao sexo.), Fonética Forense, Antropologia Forense e outros exames que o Biólogo esteja profissionalmente capacitado para executá-los.

Palestra Gratuita, portanto, garanta sua Vaga através do sac@aprenda.bio.br!

Dia: 06 de Abril / quarta-feira

Horário: 18:00 as 20:00

Local: Rua Piauí 143 – 11ª andar – Aud de Comunicação da Universidade Presbiteriana Mackenzie – São Paulo – SP

Texto retirado do site Aprenda Bio (www.aprenda.bio.br).

Published in: on 27/03/2011 at 22:35  Comments (4)  

Livro “Sustentar a Vida” do autor Renato Ribeiro

Amigos Leitores,

Segue uma grande dica de livro que você deve ter em sua estante!

Marilia Escobar

“Insustentável é não ter consciência”

(Maria Helena Carvalho de Oliveira, psicóloga)

Eu, você, todos nós, seres vivos, deixamos pegadas no ambiente e somos os únicos que temos condições tecnológicas, recursos e consciência para escolher o impacto dessas pegadas. Podemos ser como o passarinho, que se alimenta de um fruto aqui e deixa a semente para outra planta nascer logo adiante; como alguém que derruba milhares de hectares de áreas verdes para plantar eucaliptos; ou, ainda, como aquele que planta muitas árvores ao longo das ruas de uma grande cidade. Enquanto os estudos sobre sustentabilidade evoluem, infelizmente nossa consciência sobre o tema ainda engatinha, e assistimos em televisões de alta definição e nas ruas por onde passamos com carros possantes a resposta da natureza.

Na obra Sustentar a vida, organizada por Renato Ribeiro e editada por Paulinas, profissionais de diversas áreas, como Artes Plásticas, Biologia, Engenharia, Educação, Fonoaudiologia, Direito, Fisioterapia, Jornalismo, música e Sociologia, se unem para falar de sustentabilidade, da capacidade de se viver causando o menor impacto possível na terra. O objetivo é tornar os leitores mais conscientes de seu papel e de sua responsabilidade com a preservação da biodiversidade e da qualidade de vida nossa e das futuras gerações, estimulando a busca por soluções inteligentes e funcionais, ao alcance de todo cidadão, seja transformando o espaço em que habita, seja cobrando ações e soluções de empresas e governos.

Alertam para os problemas já visíveis e as consequências nefastas de seguir o atual ritmo de degradação; discutem medidas que podem desacelerar esse processo, com base em modelos de sustentabilidade bem-sucedidos e bastante simples e nos quais prevalecem a ética e o respeito à diversidade. Por fim, demonstram a importância da educação e a necessidade de cultivar bons hábitos e desenvolver a criatividade e o autoconhecimento, pois, além de fazermos parte do ecossistema, nosso corpo é um ambiente que sofre com esses excessos diários.

Título: Sustentar a vida

Org.: Renato Ribeiro

Preço: R$ 21,90

Contato para imprensa

Roberta Molina

11 5081-9333

imprensa@paulinas.com.br

Published in: on 26/03/2011 at 23:34  Deixe um comentário  

Série Diálogos Minas Recicla – Resíduos e Drenagem Urbana

OBS: Para melhor visualização da foto, clique nela.

Imagem recebida por email.

Eu participei da HORA DO PLANETA!

Só com a lanterninha na mão para não derrubar nada, curti o escurinho da HORA DO PLANETA. E este tempo me fez pensar em uma coisa… Devemos contribuir não só nesses 60 minutos. Mas SEMPRE! Pequenas atitudes no dia a dia como: não lavar calçada com água, não dar descargas em excesso, não deixar luzes acessas desnecessariamente, não demorar tanto no banho, não descartar lixo nas ruas… Aí sim, estaremos pensando 100% no PLANETA!

Published in: on 26/03/2011 at 22:04  Comments (7)  
%d blogueiros gostam disto: