Onça parda atropelada em MT passa por exames e eutanásia não é descartada.

A onça-parda atropelada em uma estrada de Rondonópolis, a218 quilômetrosde Cuiabá, foi transferida nesta quinta-feira (1) para o hospital veterinário de uma universidade particular e passou por vários exames ao longo do dia.

De acordo com César Soares, coordenador do Departamento de Fauna do Instituto Nacional do Meio Ambiente e Recursos Renováveis (Ibama), o animal fez um raio-x e exames de corpo clínico para identificar os ferimentos que o atropelamento causou ao animal . “Foi diagnosticado que ela está com uma fratura na pélvis, mas não vai fazer cirurgia por enquanto”, avaliou.

Nos próximos dias, o animal deve ser monitorado pelos veterinários. A recuperação da onça vai ser acompanhada para saber se o tratamento vai continuar. “Agora, ela vai ficar de repouso e vamos oferecer uma alimentação mais adequada com carne e frango porque é um animal que está acostumado a caçar”, explicou.

Segundo o representante do Ibama, o animal ainda corre riscos de ser sacrificado por muito bravo e não permitir ser tratado. “Se fosse um gato, o tipo de fratura que ele tem poderia ser resolvido com o repouso, porque para um animal doméstico consegue-se dar comida e medicar”, detalhou.

Soares explicou ainda que, dependendo do resultado dos exames, a eutanásia seria a solução mais viável. “Dependendo a eutanásia é o mais humano porque não tem justificativa o animal ficar sentindo dor, já que não tem recuperação. Se essa opção for escolhida, vamos ter que fazer imediatamente”, finalizou.

Acidente

A onça foi resgatada por uma equipe do Corpo de Bombeiros de Rondonópolis. Segundo os bombeiros que atenderam a ocorrência, o animal aparentava várias lesões após ser atropelada ao tentar atravessar a rodovia. O animal foi atendido e internado no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Rondonópolis.

Texto retirado do site G1.

Anúncios

The URI to TrackBack this entry is: https://mariliaescobar.wordpress.com/2011/12/05/onca-parda-atropelada-em-mt-passa-por-exames-e-eutanasia-nao-e-descartada/trackback/

RSS feed for comments on this post.

4 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Dá a maior pena ver um animal atropelado nas estradas. Mas neste caso específico, infelizmente a eutanásia é umas das opções. Se o animal estiver sofrendo muita dor não há o que fazer. Pena.

  2. Tadinha!!! Adoroo felinos e senti uma tristeza de ver a fotinha dela…

  3. Será que não rola um interesse por parte dessa universidade em ficar com a “carcaça” do animal e por isso alegam ter que Eutanasiar com tanta urgência? Foi tão grave a ponto de não ter cura para o animal como teria para um gato domestico? Eu tenho sempre dois pés atrás com veterinários… Acho uma profissão linda, mas acho que são poucos que exercem pensando no animal e não em seu próprio bem.

    • Olá, Chará!

      Então… pelo que li em outras notícias, a onça poderia não sobreviver, ou então, ficar com sequelas. Infelizmente, como em toda profissão, há os bons e os maus profissionais. Espero eu que eles estejam pensando UNICAMENTE no bem e na qualidade de vida do animal.

      Vamos torcer para que seja assim!

      Beijos,

      Marilia Escobar


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: