Curso “Saúde Rural” gratuito pela internet.

Mais informações sobre o curso, clique AQUI.

Curso “Aprendendo a fabricar, montar e instalar o Aquecedor de Baixo Custo” em BH.

Para conhecer um pouco do trabalho da TERRÁQUEOS, empresa responsável pelo curso, segue reportagem:

Boas ideias devem ser sempre divulgadas!!

Marilia Escobar

Feira de Adoção no Rio de Janeiro. Participem!

OBS: Para melhor visualização do folder, clique nele.

Published in: on 29/01/2012 at 8:12  Deixe um comentário  

Minas desenvolve teste rápido para diagnóstico da dengue.

A nova tecnologia de diagnóstico rápido da dengue, que poderá reduzir o tempo de análise de amostras de três dias para até 20 minutos, está sendo desenvolvida pela Fundação Ezequiel Dias (Funed), em parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e a Fundação Centro de Hematologia e Hemoterapia de Minas Gerais (Hemominas). Se validado, o teste rápido da dengue deverá ser disponibilizado em toda a rede do Sistema Único de Saúde (SUS) do país até 2013.


Para validação, a nova metodologia precisa passar por testes que garantam sua assertividade. Nessa fase, serão realizadas análises de amostras de pacientes cedidas pelo Hemominas. A praticidade e aparência do novo kit fazem lembrar os aparelhos de monitoramento de glicemia, usado no diagnóstico de diabetes. A diferença é que o sangue coletado do paciente não é aplicado diretamente no kit diagnóstico. O teste é realizado com o soro separado das células sanguíneas e, por isso, a metodologia ainda exigirá a coleta de sangue do paciente.

Para análise, o soro é colocado sobre a membrana – que integra a parte interna do suporte plástico que compõe o kit -, juntamente com o diluente. A reação, que pode indicar a presença de proteínas do vírus da dengue ou anticorpos produzidos, ocorre em 20 minutos.

Atualmente, os testes de diagnóstico da dengue são realizados a partir dos métodos MacELISA, que exige três dias de trabalho, e ELISA comercial, com duração de aproximadamente cinco horas. A metodologia MacELISA é considerada o padrão ouro do Ministério da Saúde no diagnóstico de dengue, sendo a técnica mais sensível utilizada atualmente, com maior índice de assertividade. Ela agora deve dar espaço ao novo e rápido diagnóstico. O projeto para desenvolvimento do Kit de teste rápido para diagnóstico da Dengue conta com financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig).

Em 2010, com a epidemia de dengue identificada em diversos estados do país, Minas Gerais chegou a contabilizar 261.945 notificações de suspeita de infecção do vírus. Neste período, a Funed realizou 22.000 análises de amostras. Em 2011, houve tanto queda no número de notificações da doença como no volume de análises realizadas pela Funed, sendo verificadas em torno de 5.000 amostras testadas pelas metodologias MacELISA e ELISA Comercial.

Texto retirado do Jornal Estado de Minas.

OBS: Obrigada pela dica de matéria, Karine! Assim a denguer poderá ser detectada mais facilmente e tratada rapidamente.

Marilia Escobar 

Published in: on 27/01/2012 at 21:20  Comments (1)  

Pós-Graduação em Perícia Criminal em BH.

O Centro de Pós Graduação – CPG (www.cursoscpg.com.br) é uma empresa prestadora de serviços educacionais, especializada em identificar demandas por cursos de especialização em todo território nacional.

A empresa irá realizar, em parceria com a Universidade Castelo Branco do Rio de Janeiro, a pós-graduação em Perícia Criminal nas cidades de Uberlândia (início das aulas 10 de fevereiro), Belo Horizonte (início das aulas 16 de março) e Goiânia (início das aulas 13 de julho).

Os encontros serão mensais, somente um final de semana por mês, sempre na sexta-feira à noite, sábado o dia todo e domingo de manhã.

Mais informações: http://pospericiacriminal.webnode.com

pericia@cursoscpg.com.br .

Texto recebido pelo CRBIO04.

Beija-flor alimenta seu filhote na mão de uma pessoa.

Amigos,

Este vídeo é muito lindo! É emocionante!!!

Vejam a história completo no decorrer do vídeo.

Espero que esta pessoa tenha realmente cuidado desse filhote até que ele pudesse voar por aí…

OBS: Pai, obrigada por compartilhar comigo este belo vídeo.

Marilia Escobar

Published in: on 27/01/2012 at 20:46  Comments (4)  

Feira de adoção “Adote um Amigão” dia 28/01 em BH. Participe!


OBS: Para melhor visualização do folder, clique nele.

Published in: on 24/01/2012 at 20:43  Comments (2)  

Feira de adoção dia 28/01 em BH.


OBS: Para melhor visualização do banner, clique nele.

Published in: on 23/01/2012 at 21:01  Deixe um comentário  

Holanda monta orfanato temporário para bebês focas afetados por tempestades.

 

Centenas de bebês focas que vivem no mar da Holanda estão amanhecendo, sozinhos, nas praias do país por conta das fortes tempestades que estão afetando a costa desde o início do ano – e que, segundo os cientistas, têm ligação direta com as mudanças climáticas. E, para dar assistência a todos esses filhotes órfãos, o Centro de Reabilitação e Pesquisa de Focas da Holanda não perdeu tempo e criou uma tenda temporária, que funciona como orfanato para todos esses bichinhos.

Isso porque a sede do Centro, localizado na cidade de Pieterburen, tem capacidade para abrigar cerca de 150 animais, mas, atualmente, por conta das tempestades, o lugar já conta com 365 focas – sobretudo filhotes que, em sua maioria, foram resgatados das praias holandesas ainda com cordão umbilical.

Entre os novos hóspedes do Centro – popularmente conhecido como Zeehonden Creche – também estão focas velhinhas, vítimas de um problema pulmonar que é típico de animais com resistência baixa, expostos a grandes tempestades.

De acordo com a fundadora do local, Lenie ‘t Hart, todos os bichos do Centro estão super bem cuidados – apesar de chorarem bastante, como toda criança: sob a vigilância de veterinários e biólogos voluntários, as focas são alimentadas com peixes – ou mingau de peixe, dependendo da idade que possuem – e hidratadas oralmente, todo o tempo, com sais e água, além de darem frequentes “tibuns” em um tanque de água salgada improvisado no local.

Mas, a intenção dos profissionais do Centro não é adotá-las para sempre. Hart espera, em breve, devolver todas as focas, sem exceção, à natureza. Antes, no entanto, é preciso esperar as tempestades darem uma trégua para essas fofurinhas…

Texto retirado do site SUPER-ABRIL.

OBS: Prima Marina, obrigada pela matéria! Eu adoro focas… 

Marilia Escobar 

Published in: on 23/01/2012 at 20:21  Deixe um comentário  

SP deixa de fornecer sacolas de plástico a partir de 4ª feira!

Na quarta-feira, pelo menos 80% dos supermercados do Estado de São Paulo deixarão de fornecer sacolas plásticas para seus clientes. Caixas de papelão e sacolas retornáveis são as opções mais comuns oferecidas pelas redes. Quem quiser, também poderá adquirir sacolas biodegradáveis por cerca de R$ 0,20.

A iniciativa de tirar as sacolas dos caixas é fruto de um acordo entre a Associação Paulista dos Supermercados (Apas) e o governo do Estado de São Paulo. Preferiu-se este caminho à adoção de uma lei. ‘Optamos pelo diálogo com o setor’, afirma o secretário do Meio Ambiente, Bruno Covas. ‘O acordo é voluntário por parte das redes.’ Ele recorda que algumas cidades, como Jundiaí, chegaram a aprovar legislações para proibir as sacolas, mas foram julgadas inconstitucionais. No caso de Jundiaí, a prefeitura assinou depois um acordo com os supermercados locais e obteve o resultado que não alcançara com a lei.

Para ambientalistas e gestores públicos, a medida tem um importante valor simbólico. Apesar de as sacolas só representarem uma pequena parcela do volume total de lixo descartado, têm o mérito de trazer para o cotidiano das pessoas a preocupação com a sustentabilidade, aponta Fernanda Daltro, gerente de consumo sustentável do Ministério do Meio Ambiente. ‘As pessoas aprenderão a separar o lixo seco do úmido, que é o que realmente precisa da sacola plástica para não fazer sujeira.’

Texto retirado do site Estadão.

OBS: Fábio Henrique, muito obrigada pela dica. Aqui em BH a lei já está em vigor a mais ou menos um ano.

Fiquei muito feliz pela iniciativa de SP! Não importa quem sairá perdendo ou ganhando. O que importa é a preservação ambiental (pelo menos para mim). 

A natureza agradece!

Marilia Escobar

Published in: on 22/01/2012 at 21:27  Comments (1)  
%d blogueiros gostam disto: