Oficinas de Culinária Vegana em SP. Faça já sua inscrição!

OBS: Amigos, mesmo não sendo vegana (ainda), sei que muitos leem o Blog da Marilia, por isto publiquei. Fica a dica para quem é vegano e para aqueles que querem conhecer um pouco mais do veganismo. 

Marilia Escobar

Published in: on 27/08/2012 at 14:41  Deixe um comentário  

Feira de Adoção em BH dia 02/09. Participe!

Published in: on 27/08/2012 at 14:35  Deixe um comentário  

Em MS, cão é atingido por mais de mil espetadas ao atacar porco-espinho.

Um cachorro da raça pit bull ficou ferido com mais de mil espinhos pelo rosto, patas e até na língua ao atacar um porco-espinho em uma oficina de motos na BR-163 em Coxim, a 243 km de Campo Grande. O dono encontrou o cão machucado quando abriu a empresa.

O pit bull foi tratado pelo veterinário Antônio de Carvalho. Ele disse ao G1 que aplicou anestesia geral no cachorro e demorou quase duas horas e meia para retirar todos os espinhos, que mediam em média 10 cm. “Ele chegou aqui bastante machucado, principalmente na parte interna da boca, onde tive que usar o bisturi para retirar os espinhos”, explica Carvalho. Ele disse que o efeito da anestesia já passou, o animal está bem e não corre riscos.

Por precaução, o cão ainda deve ficar internado por dois dias. “O porco-espinho não libera veneno, mas pode causar infecção no cachorro. Por isso ele ficará em observação”, afirma Carvalho.

Texto retirado do site G1.

OBS: Binho, obrigada por ter enviado a matéria. Resolvi publicar porque encontramos em BH dois cães em situação parecida. Infelizmente eles estavam muito acuados e sumiram no meio do mato quando tentamos pegá-los.

Se vocês verem qualquer cachorro com esses espinhos, ajudem NA HORA. Eles não conseguem se alimentar e podem morrer de fome ou infecção.

Marilia Escobar

Published in: on 25/08/2012 at 11:08  Comments (3)  

6º Simpósio de Neurociências na UFMG.

Feiras de Adoções acontecem neste sábado em BH. Escolha uma e participe!

OBS: Para melhor visualização do banner, clique nele.

Aproveitem que neste sábado ocorrerão duas feiras de adoção e escolha a mais próxima de sua residência. Participe e ajude a tirar um animal das ruas.

Marilia Escobar

Published in: on 24/08/2012 at 21:37  Comments (2)  

Butantan descobre sapo-cururu que lança veneno espontaneamente.

Pesquisadores do Instituto Butantan, unidade Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo na capital paulista, descobriram um sapo que possui comportamento predatório, o que até hoje era completamente incomum nesses animais.

Ao contrário dos outros anfíbios, que expelem veneno somente após sofrerem um ataque, o Rhaebo guttatus, espécie encontrada na Amazônia e semelhante ao sapo-cururu, tem um mecanismo de veneno ativado voluntariamente.

O estudo, feito na Amazônia por cerca de um ano, revelou que o animal, por meio de movimentações corporais que causam a compressão do paratóide (glândulas que armazenam o veneno), esguicha o veneno a uma altura de quase dois metros.

Ao efetuar um ataque, o sapo libera uma substância com propriedades inflamatórias, capaz de causar complicações neurotóxicas, cardiotóxicas, edemas pulmonares, problemas no sistema digestivo ou até mesmo levar o predador a óbito.

Segundo o diretor do laboratório de biologia celular, Carlos Jared, essa descoberta pode revolucionar o estudo dos anfíbios, pois jamais se imaginou um sapo com esse tipo de comportamento.

Texto retirado do site Uol Notícias.

Published in: on 23/08/2012 at 23:05  Deixe um comentário  

Horta em garrafa pet de 5 litros. É possível?

Mais uma ideia genial de reaproveitamento. Assim diminuímos o lixo e melhoramos nossa saúde. E estes alfaces estão lindos!!!

Ideal para quem mora em apartamento e não tem condições de ter sua própria horta.

Obrigada, Leide, pela dica!

Marilia Escobar

Israelense cria bicicleta de papelão com apenas 9 dólares.

Embora pareça impossível, o israelense Giora Kariv mostrou que dá para construir quase qualquer coisa com papelão reciclado. Com uma bagatela de apenas 9 dólares, ele criou uma bicicleta a partir das embalagens descartadas pelo comércio. Ele acredita que sua bike ecológica pode melhorar a vida de comunidades pobres porque, além de estimular a reciclagem, ela é forte, durável e, principalmente, barata.

Mais do que uma boa dose de criatividade, o israelense precisou foi mesmo de uma enorme determinação. “Todo mundo dizia que seria impossível, mas eu estava tão obcecado por essa essa ideia que precisava tentar”, conta em um vídeo sobre a empreitada.

Apaixonado pelas magrelas, ele se inspirou numa história que ouviu de um vendedor de uma loja de bicicletas sobre uma canoa feita de papelão. Ficou com ideia na cabeça e pensou: por que não fazer uma bicicleta assim? “Não havia conhecimento no mercado sobre como trabalhar com papelão além da confecção de embalagens. Então, fui testando métodos diferentes. Basicamente, uso a mesma técnica de dobraduras de origamis japoneses”, explica.

Kariv trabalhou duro e dobrou muito papelão para chegar ao protótipo ideal, que combina o design tradicional de uma bike e a resistência – ela tem capacidade de suportar o peso de uma pessoa de até 140 quilos. O resultado impressiona: uma vez pronta, não dá nem para acreditar que é feita de papelão.

Texto retirado do site INFO.

Terça Ambiental: Palestra “Revelando a Mata Atlântica” em BH.

 

Maiores informações e inscrição: http://www.sense8.com.br/clientes/amda/?string=inscricao-2

Justiça determina recolhimento de animais do protetor Franklin Oliveira.

Amigos,

Hoje o assunto é muito sério. O Franklin Oliveira é um dos protetores mais antigos de BH, dirige a ONG Núcleo Fauna de Defesa Animal há 30 anos, resgatando e amparando animais de rua ou vítimas de maus-tratos.

Técnico em veterinária e funcionário da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Franklin poderia ter uma vida diferente, morar em uma boa casa, mas optou ajudar os animais. Já recolheu além de cães e gatos, cavalos, jumentos e até  leão de circo.

Hoje está passando por muitas dificuldades financeiras e judiciais. Está sendo injustiçado depois de tantos anos lutando pelos nossos anjinhos de quatro patas. Ele está com um mandato de despejo da casa alugada onde vive, além da Prefeitura de BH ter recolhidos seus animais.  Vejam uma das matérias:

Afirmo, com certeza, que nenhum animal foi maltratado ou vivia em ambiente inapropriado. O Franklin muitas vezes deixou de se alimentar para cuidar de seus cachorros.

Peço a ajuda de todos na divulgação desta matéria, e se possível, com dinheiro para a compra de um imóvel.

Contas:

Caixa Econômica Federal: Agência: 2333 – Operação: 001 – Cc: 45.001-9
Banco do Brasil: Agência: 3857-1 – Cc: 20.022-0
Itaú: Agência: 0637 – Cc: 62.754-8.
CPF 692.831.686-15

Conheçam um pouco mais do Franklin através de seu site http://franklineumassis.blogspot.com.br/.

Certa de que o ajudarão, eu me despeço aliviada.

Abraços,

Marilia Escobar

%d blogueiros gostam disto: