O que desejamos para 2013?

Amigos Leitores,

A pergunta que não quer calar: O QUE DESEJAMOS PARA 2013?

Eu desejo menos perguntas e mais respostas. Eu desejo mais amor ao próximo e menos tristeza. Eu desejo que nossos animais e o meio ambiente sejam mais respeitados e menos explorados. Desejo também que os meios de comunicação divulguem mais coisas boas, ideias sustentáveis, pessoas bacanas e suas atividades em favor do mundo; e menos guerra, destruição, tristezas e desrespeito. Desejo que sejamos mais irmãos e menos concorrentes. Desejo que pensemos mais no amor e menos na quantidade de dinheiro. Desejo que ao deparar com um animal, vejamos nele um semelhante que sente dor, alegria e medo, assim compreenderemos que somos todos IRMÃOS. Desejo que tenhamos uma vida menos amarga e mais doce. Desejo que sejamos suaves como pluma e fortes como rocha quando necessário.

A vida nada mais é que uma adaptação e só depende de nós mesmos. Se eu quero ver uma mudança no mundo, preciso que ela aconteça primeiramente em mim. Que tal VOCÊ começar a fazer diferente?

feliz-ano-novo-e-boas-festas-2013-11

Marilia Escobar

Published in: on 31/12/2012 at 15:13  Deixe um comentário  

Curso de Campo Ecologia e Conservação da Mata Atlântica.

mata-atlantica-ambiente

O curso “Ecologia e Conservação da Mata Atlântica” é um curso de campo oferecido durante a Expedição Mata Atlântica. São onze dias viajando por Unidades de Conservação e outras Áreas Naturais Protegidas particulares, municipais, estaduais e federais, além de instituições de pesquisas do Paraná. Além de visitas técnicas, são ministradas aulas e palestras, muito bate papo e discussão sobre ecologia e conservação.

São oferecidas 20 vagas para brasileiros e estrangeiros, interessados em conhecer melhor a Mata Atlântica e questões relacionadas à sua conservação, inclusive sobre o planejamento e o manejo de Áreas Naturais Protegidas. Também são abordados temas relacionados à história, cultura, populações tradicionais, turismo de base comunitária e sustentabilidade.

O curso será realizado de 17 a 28 de janeiro de 2013. As inscrições devem ser feitas até o dia 10 de janeiro de 2013.

Mais informações: www.grupobrasilverde.org.br . 

Texto recebido por email pelo CRBio 04.

Curso de Especialização em Planejamento e Gerenciamento de Recursos Hídricos.

O curso de Especialização em Planejamento e Gerenciamento de Recursos Hídricos (CEPG-RH) da Escola de Engenharia Civil, da UFG, está com as inscrições abertas.

As aulas acontecerão na cidade de Goiânia (GO), no período de 11 de março de 2013 a 11 de agosto de 2014, às segundas e terças-feiras das 19h às 22h e quartas-feiras das 19h às 21h30. O curso é voltado para profissionais que atuam ou que desejam atuar em instituições de planejamento e gestão de recursos hídricos, companhias de saneamento, agências de regulação, secretarias estaduais e municipais de meio ambiente, como membros de comitês de bacias hidrográficas, representantes públicos municipais, estaduais e federais, representantes de empresas privadas, companhias de energia elétrica e do setor de transporte aquaviário.

Mais informações: http://cepg-rh.eec.ufg.br/pages/25114 .

Texto recebido por email pelo CRBio 04.

Published in: on 30/12/2012 at 9:23  Deixe um comentário  

Programa Domingo Espetacular questiona o uso de animais na experimentação científica e na educação.

2205628449_a45b977041Um exemplo a ser seguido pela imprensa tradicional. É dessa forma que podemos resumir a reportagem especial veiculada no último dia 16, no programa Domingo Espetacular, da Rede Record, sobre aulas e pesquisas científicas envolvendo animais não humanos. Pela primeira vez uma reportagem da grande mídia brasileira questiona com consciência e responsabilidade a tradição de se explorar e matar animais em nome da ciência.

A matéria da repórter Camila Busnello, editada pelo jornalista Lucius de Mello, tem cerca de nove minutos, e é bastante abrangente ao abordar diversos pontos sobre a exploração animal em laboratórios e instituições de ensino. Na chamada, as apresentadoras questionam: até que ponto os seres humanos têm o direito de usar os animais em benefício próprio?  A reportagem começa apresentando um método substitutivo para acabar com a tortura de animais. O cão robô, criado por Nick Jukes, é um  cachorro artificial feito com material sintético que permite experimentos didáticos como ouvir os batimentos cardíacos e extrair sangue. A matéria segue mostrando imagens de um macaco-rhesus que teve o crânio aberto e mantido sem comer e beber durante várias semanas em um experimento israelense, descrito como “uma das experiências mais cruéis já realizadas”.

Camapanha_Vivissecção_Macaco

Também foi relatado o caso cruel e revoltante da dissecação de coelhos numa escola pública de Goiânia (GO), além de um software que mostra reproduções virtuais de corpos de animais não humanos – o qual evita que animais vivos sejam explorados, violados e mortos nas aulas – e iniciativas em algumas universidades que, em seus cursos de Medicina Veterinária, substituíram aulas com animais vivos por meios de ensino usando-se partes artificiais de corpos de animais. Além disso, foi mencionado que a indústria brasileira de cosméticos aboliu os testes em animais.

A reportagem, que destaca a atuação da ANDA e entrevista a fundadora e jornalista Silvana Andrade, acaba sendo um marco no abolicionismo brasileiro, já que demonstra o progresso da mudança da maneira como a imprensa vê as diversas formas de exploração animal. Convém relembrar que a Record, já há alguns anos, tem uma tradição de denunciar métodos de promoção de crueldade contra animais.

A equipe da ANDA parabeniza a direção e todos os jornalistas do Domingo Espetacular envolvidos na produção da reportagem.

Assista a reportagem na íntegra abaixo.

Texto retirado do site ANDA NEWS.

OBS: Para saber mais sobre a vivissecção, clique aqui. Existe hoje, disponível ONLINE para download, livro sobre alternativas ao uso de animais vivos na educação (veja aqui).

Marilia Escobar

Holanda está prestes a proibir produção de peles.

peles

No dia 18 de dezembro de 2012, o Senado holandês votou a favor da proibição de produção de peles de vison. A proibição entrará em vigor em 2024, o que significa que a partir desta data não haverá mais produção de peles na Holanda. Várias organizações de proteção animal, incluindo a Animal Equality, aplaudem a proibição e esperam que outros países sigam o mesmo caminho, pois isso é uma declaração inequívoca de que o sofrimento dos animais para fins de moda não é mais aceitável. As informações são da organização internacional de direitos animais Animal Equality.

Com 6.000 mil visons mortos a cada ano, a Holanda é o terceiro maior produtor mundial de peles de vison, depois da Dinamarca e China. O debate político sobre a proibição da produção de peles de vison começou em 1999. Um projeto de lei para uma proibição em 2018 foi inicialmente aceito pela Câmara dos Deputados, mas não obteve a maioria no Senado. O principal argumento contra a proibição foi em relação aos problemas financeiros que poderiam atingir os produtores. Com isso, o projeto original foi alterado para entrar em vigor em 2024 e prevê compensação financeira de 28 milhões de euros em apoio aos produtores para os custos de demolição.

Um inquérito realizado pelo Ministério da Agricultura no início deste ano mostrou que apenas 7% dos holandeses aprovavam matar animais apenas por sua pele.

Em 1995 e 1998, respectivamente, foram anunciadas proibições para fazendas de peles de raposa chinchila, entrando ambas em vigor em 1 de Abril de 2008. A proibição de produção de peles de vison vai acabar definitivamente com toda a produção de peles na Holanda.

Em 2011, nove milhões de visons foram mortos na Holanda. Atualmente o país está seguindo o exemplo de outros países como Áustria, Reino Unido e Croácia. Não há nenhuma razão para que outros países continuem a permitir esta forma de crueldade contra os animais.

Texto retirado do site ANDA NEWS.

OBS: Magnífico! Estou muito feliz (assim como a maioria de vocês, eu acredito) por este importante progresso. Sem dúvidas, é um passo gigantesco uma grande nação como a Holanda não financiar mais esta crueldade. Espero que outros países copiem esta nobre atitude!

Marilia Escobar

4º Congresso Brasileiro de Biologia Marinha em Florianópolis.

O 4º Congresso Brasileiro de Biologia Marinha será realizado de 19 a 25 de maio de 2013 em Florianópolis.

 O evento é promovido pela Associação Brasileira de Biologia Marinha e será realizado pela primeira vez na região Sul. O objetivo é oferecer à comunidade interessada alguns dos avanços mais importantes em biologia marinha em suas dimensões de pesquisa, divulgação científica, ensino, política, atividades econômicas e extensão.

A programação contará com conferências, mesas-redondas, palestras e oficinas. Haverá a entrega da “Medalha Biologia Marinha Brasil”.

Mais informações e inscrição: www.abbm.net.br/congressos-da-abbm/cbbm .

cartaz

Pets: 10 perigos das festas de final de ano.

Por Vanessa Lima

0,,60226066,00

Enfeites atrativos, casa cheia de convidados, alimentos à disposição… As comemorações de Natal e Réveillon são ótimas para os donos, mas oferecem situações de risco para os animais de estimação. Especialistas indicam os 10 acidentes mais comuns nesta época e dão dicas de como evitá-los.

Um brinquedo gigante cheio de bolinhas para puxar e morder. Provavelmente, é assim que o seu gatinho enxerga aquela linda árvore de Natal que você montou na sala. O resultado? Nem sempre os enfeites chegam intactos ao dia 25 de dezembro. Mas isso é o de menos. Pior mesmo é quando as comemorações de fim de ano causam acidentes – alguns até fatais – para os pets. “As festas podem ser catastróficas para os bichos, porque aumentam a quantidade de pessoas na casa e, com isso, a oferta de petiscos”, alerta a veterinária Ana Paula Madeira, do Hospital Veterinário Pompeia.

A atenção deve ser redobrada se o animal de estimação tiver pouco tempo de vida. “O perigo está nos filhotes de cães e gatos, que têm atração pelos penduricalhos. Em geral, os cachorros adultos não se interessam tanto pelos enfeites”, diz a doutora Carla Alice Berl, do Hospital Veterinário Pet Care.

Listamos os 10 maiores perigos que o Natal e o réveillon oferecem. Confira e saiba o que fazer para proteger o seu melhor amigo:

1. BOLINHAS DE NATAL
Vários objetos redondos pendurados na árvore de Natal podem parecer um brinquedo divertido para o seu bichinho. “Já atendemos casos de gatos que chegaram a engolir uma bolinha inteira”, afirma a veterinária Carla Berl. “Os cachorros – principalmente os filhotes – costumam morder e ingerir pedaços dos enfeites”, completa. A melhor solução é deixar o pinheiro em um local fora do alcance dos animais e ficar sempre de olho. Também existem produtos vendidos em pet centers para afastá-los. É só aplicar uma pequena quantidade nos objetos. Os bichos vão desistir da “tentação” depois da primeira lambida, por causa do gosto ruim.

0,,60226067,00

2. PISCA-PISCA
Quem não gosta de ver o pinheiro de Natal todo iluminado quando anoitece? O problema é que as luzinhas oferecem grande perigo para os animais de estimação, que podem morder o fio e se machucar. “O pisca tem risco de choque elétrico e pode causar queimaduras na língua e no focinho, além de alterações neurológicas ou metabólicas mais graves”, explica Ana Paula Madeira. A indicação é a mesma das bolinhas: mantenha o enfeite longe do animal e fique sempre atento ao comportamento dele.

3. COMIDA
Peru, bacalhau, panetone. Você merece todas as delícias da ceia de Natal e de ano-novo, mas elas podem ser prejudiciais à saúde do seu melhor amigo. Resista bravamente àqueles olhares pidões e não ofereça pedacinhos de comida para os bichos. Peça para os seus convidados fazerem o mesmo. “Todos os anos atendemos vários animais intoxicados, com vômitos e diarreia. Eles comem algo a que não estão acostumados e acabam passando mal”, conta Carla Berl.

4. BEBIDA ALCOÓLICA
Nesta época do ano alguns animais chegam aos hospitais veterinários – pasme! – em coma alcoólico. “Isso acontece porque as pessoas costumam esquecer copos cheios em lugares de fácil acesso”, diz Ana Paula. Alguns donos acreditam que, se a bebida não faz mal a eles, também não trará consequências para seu animal de estimação. No entanto, o álcool é absorvido ainda mais rapidamente pelo aparelho digestivo dos pets e metabolizado no fígado. Alguns dos efeitos são náuseas, vômitos, problemas respiratórios e coma.

5. PRESENTE VIVO
Há quem escolha presentear aquele amigo ou parente querido com um animal de estimação. A surpresa pode ser inesquecível, mas é bom pensar duas, três ou até vinte vezes antes de fazer essa opção. “Quando as pessoas não estão preparadas para receber um animalzinho, a situação pode acabar em abandono, que é crime ambiental”, alerta Ana Paula. O cuidado deve ser redobrado se o “mimo” for destinado a uma criança. Dependendo da idade, o novo dono não terá responsabilidade suficiente para cuidar do bichinho e, nesse caso, a tutela fica por conta dos pais.0,,60226069,00

6. FITAS, SACOLAS E PLÁSTICOS
As pessoas costumam colocar os presentes no chão, em torno da árvore de Natal. Por ficarem no piso, local de fácil acesso, as embalagens plásticas e fitinhas atraem cães e gatos, que podem morder e engolir os materiais. O perigo é parecido com o das bolinhas penduradas na árvore. Então, se o seu animal for do tipo curioso ou bagunceiro, guarde os presentes em um lugar que ele não alcance.

7. FOGOS DE ARTIFÍCIO
Os cães têm uma audição muito aguçada, o que pode ser útil para que eles ouçam, de longe, quando o dono chega ou quando algum perigo se aproxima. Mas o que é uma vantagem durante todos os outros dias torna-se um problema no período de festas. A explosão de fogos de artifício assusta os animais. “Recomendamos que os donos fiquem próximos dos bichos, para tranquilizá-los. Também é bom colocar um pouco de algodão nos ouvidos deles”, diz Carla Berl. “Em alguns casos, os veterinários podem até prescrever calmantes”, afirma.

8. CALOR
As festas de fim de ano coincidem com o início do verão e, por isso, é bom tomar cuidado para evitar a desidratação. “Dê água gelada e deixe o animal em um lugar onde haja sombra. Paredes e pisos frios também são opções para o pet encostar e se refrescar”, diz Carla. Outra dica é evitar passeios em horários muito quentes. De acordo com a veterinária, se o cachorro ou gato tiver pelagem clara e estiver exposto ao sol, o dono deve passar protetor solar (produtos específicos para animais, encontrados em pet shops) em áreas mais sensíveis, como as orelhas.

9. VIAGEM DE CARRO
Se for aproveitar a virada do ano na praia e o bichinho for junto, certifique-se de que a viagem será confortável. “O ideal é que tanto gatos como cachorros sejam levados dentro de caixas de transporte de tamanho adequado”, explica Ana Paula. “Evite alimentar o animal nas duas horas que antecedem a viagem, para que ele não vomite no caminho, e, se o percurso for longo, pare algumas vezes para o animal fazer xixi”, diz. Além disso, prefira viajar nos horários mais frescos – bem cedinho ou durante a noite.

10. HOTEL
Quem vai viajar e não tem como levar o pet, pode optar por deixá-lo em um hotelzinho. Antes de escolher o estabelecimento, faça uma pesquisa para ver qual é mais confiável, se os profissionais são aptos a lidar com eventuais problemas de saúde, como são as instalações… “É importante deixar todos os seus contatos para que você seja encontrado facilmente no caso de uma emergência”, indica Carla Berl.

Texto recebido por email pela Ana Piovezana.

Published in: on 26/12/2012 at 19:07  Deixe um comentário  

Feliz Natal!

“Senhor,

Nesta Noite Santa, depositamos diante de Tua manjedoura todos os sonhos, todas as lágrimas e esperanças contidos em nossos corações.

Pedimos por aqueles que choram sem ter quem lhes enxugue uma lágrima. Por aqueles que gemem sem ter quem escute seu clamor. Suplicamos por aqueles que Te buscam sem saber ao certo onde Te encontrar. Para tantos que gritam paz, quando nada mais podem gritar.

Abençoa, Jesus-Menino, cada pessoa do planeta Terra, colocando em seu coração um pouco da luz eterna que vieste acender na noite escura de nossa fé.

Fica conosco, Senhor!”

Sem título

OBS: Que possamos aproveitar cada palavra do lindo texto acima para repensar em nossas atitudes e melhorar! Que Deus abençoe cada um de nós e FELIZ NATAL!!! HoHoHo…

Marilia Escobar

Published in: on 24/12/2012 at 6:30  Deixe um comentário  

Vídeo mostra o nascimento de bebê elefante.

OBS: Não há nada mais lindo e emocionante do que o nascer de uma vida! Obrigada, Pai, pela oportunidade de ver este vídeo. Emocionante!!

Marilia Escobar

Published in: on 21/12/2012 at 19:48  Deixe um comentário  

ONG Cão Viver realiza bazar de Natal. Participe!!

super_bazar04

Published in: on 21/12/2012 at 19:43  Deixe um comentário  
%d blogueiros gostam disto: