Baleada, cadela espanta ladrão em Belo Horizonte.

“Socorro! Mataram a Tica!” Foi assim que a empregada doméstica Cleusa ligouno dia 28/05 pela manhã, aos prantos, para o patrão, o analista de sistemas Wanderson Caricatti, de 46 anos. Pelo celular, em pânico, a mulher tentava explicar que dois assaltantes haviam entrado na casa da família, no Bairro Salgado Filho, na Região Oeste de Belo Horizonte. Estavam preparados para fazer uma limpa – já haviam embalado joias, eletrodomésticos e objetos de valor em trouxas, feitas com lençóis. 

20130529001409372711i
Foram impedidos pela valentia da cadela Tica, mestiça de rottweiler, de 5 anos, que avançou nos ladrões e latiu alto até ser atingida por um tiro de revólver 38 na cabeça. Mesmo ensaguentada e em desvantagem, Tica não desistiu: perseguiu os assaltantes até o portão e não descansou até que batessem em retirada, com a ajuda de um terceiro cúmplice, que aguardava a dupla com o Audi A3 prata na esquina.

A dona da casa, a securitária Letícia Bezerra, de 40 anos, dá mais detalhes sobre o assalto: “Saí de casa às 7h30 para trabalhar com meu marido e meu filho, de 7 anos. Os ladrões já tinham tudo armado. Eles arrombaram o portão da casa, tornaram a fechar para ninguém desconfiar e depois entraram pela janela. Estavam embalando tudo quando a empregada chegou, às 10h.” Ela conta que, na pressa, uma enorme chave de fenda foi deixada para trás.

Cleusa entrou pela porta de serviços, como faz sempre, dando acesso à rottweiler, que fica presa na lateral da casa. Percebeu que a cachorra estava estranha e que, em vez de entrarem juntas na cozinha, como fazem sempre, Tica entrou correndo. “Assim que passou pela porta, a cadela disparou a latir, assustando os ladrões. Deu tempo de Cleusa gritar e sair correndo. Tica continuou avançando e os ladrões não tiveram outra saída a não ser atirar e sair correndo. Mesmo ensanguentada, Tica foi atrás dos ladrões, que ficaram presos na varanda. Cleusa teve de segurar a cachorra e abrir o portão com o controle. Só depois, ela ligou, gritando e chorando”, contou Wanderson.

Os ladrões fugiram correndo, com mochilas nas costas, levando um i-Pad, poucas joias e uma câmera fotográfica. “Isso não é nada. Se não fosse a Tica, poderiam ter rendido a Cleusa e levado nossa casa inteira”, comenta Letícia. O marido concorda: “Tica salvou a pátria. Os assaltantes planejavam fazer uma limpa. Não iria sobrar nada”. O empresário correu para casa e chamou a polícia pelo 190. Duas viaturas da Polícia Militar chegaram minutos depois. “Os soldados ficaram emocionados com a história da Tica e ajudaram a improvisar uma maca com restos de cobertor”, explicou Wanderson, que rumou imediatamente com a cachorra para a clínica veterinária. 

20130529072934577852a
Socorro

Apesar de passado o susto, Cleusa fez questão de seguir junto para o veterinário. Com 10 anos de serviços na casa, ela chama a cadela de 48 quilos de Bebê. “A cachorrinha deu sorte. A bala entrou pelo focinho, passou pelo céu da boca, entrou direto pela traqueia e ficou alojada no pescoço. Não fraturou nem um osso”, explica Carlos Augusto Campos Assis, dono da clínica.

Depois de sofrer três cirurgias e ser entubada, em procedimento de hora e meia, os prognósticos de Tica são bons. “A princípio a bala não pegou nada de nobre e nenhum vaso importante, se não ela tinha morrido por hemorragia. É cedo para dizer se vai haver sequelas”, complementou o veterinário Alexandre Nagem.

“A cachorrinha tem boa chance de sobrevivência. Na verdade, nasceu de novo. Dá uma tristeza profunda, porém, perceber que não existe mais respeito pela vida nem a do homem, nem a do animal, que só estava agindo por instinto, defendendo o patrimônio dele e dos seus donos”, diz Carlos Augusto Campos Assis, dono da Clínica Veterinária São Francisco de Assis. Segundo ele, é o terceiro caso de cão ferido por assaltantes este ano na instituição.

Texto retirado do site Estado de Minas.

Anúncios
Published in: on 18/08/2013 at 17:46  Deixe um comentário  

Curso de Espiritualidade dos Animais.

Boa noite, amigos!

Primeiro, preciso pedir desculpas por não postar a tanto tempo. A vida está corrida e o tempo curto! Mas juro, voltarei a normalidade logo, logo!

Segundo, em nossa vida conhecemos várias pessoas especiais, certo? Sem sombra de dúvidas, a Eliana Malta é uma dessas pessoas que marcam a nossa vida.  Além de protetora de animais e cuidar de um orfanato, ela me ensina muitas coisas sobre espiritualidade. Ela me falou sobre um centro espírita em SP voltado especialmente para os animais, com passes para eles, cursos, etc. Desta forma, tive meu primeiro contato com a ANSEAMA (http://www.asseama.com.br).

E qual foi minha surpresa quando vi o folder abaixo, sobre o curso Espiritualidade dos Animais? Eu adoraria participar por saber muito pouco sobre o que ocorre com os animais no desencarne e as respostas ao seu sofrimento, entre outras.  Quem é de SP não pode perder!

banner_intensivo_2013

Quem estiver a procura de mais informações, entrem no site clicando AQUI.

E eles teem um livro: Evangelho dos Animais para venda no site da ANSEAMA por apenas R$ 39,90. Claro que eu já comprei o meu! Aconselho fazerem o mesmo!

O que acharam da dica?

Beijos e sejam felizes,

Marilia Escobar

Published in: on 09/07/2013 at 23:50  Comments (1)  

A História de Sofia!

Amigos,

Como estão? Quanto tempo não posto aqui, não é mesmo? Saudades!

O vídeo de hoje é muuuuuuuuuuuuuuuito especial! É uma propaganda da Farmácia Panvel e segundo comentários, com história verídica. Narra a história de amor entre o dono e seu animal. O que, imagino, aconteça com todos nós!

Os animais pensam, sofrem e amam assim como nós!

Marilia Escobar

Published in: on 30/05/2013 at 9:36  Deixe um comentário  

Porquinho deficiente aprende a andar com ajuda de engenhoca.

O porquinho Chris nasceu com um problema que o impede de usar os membros posteriores. Aí, o dono, Len Lucero, confeccionou uma espécie de cadeira de rodas usando partes de brinquedos. Chris, de apenas 10 dias, começou a dar os seus primeiros passos.

102_3122-blog-pig

Ele está indo bem:

Texto retirado do site O Globo.

Published in: on 26/04/2013 at 20:35  Deixe um comentário  

Outra feirinha de adoção de animais AMANHÃ em BH. Não perca!

68520_564586486908859_1780945567_n

Published in: on 26/04/2013 at 20:32  Deixe um comentário  

1ª Feira de Adoção do Projeto “Bichos da Gente” AMANHÃ em BH. Participe!

32391_2996146598867_1267984635_n

Published in: on 26/04/2013 at 20:23  Deixe um comentário  

Cachorro abandonado na BR-101 é adotado no Espírito Santo.

O cachorro Leleco, abandonado na BR-101 já tem um novo dono. A coordenadora de Recursos Humanos, Kariny Batista, contou que viu a notícia sobre o animal na internet e entrou em contato com a mulher que havia resgatado o cão, nesta segunda-feira (1). Leleco agora tem um quintal grande para brincar na nova casa, em Vila Velha, na Grande Vitória, e o amor de uma nova família.

O cachorro foi abandonado na rodovia BR-101, entre os municípios de Ibiraçu e Fundão, neste domingo (31). A cena chamou a atenção da dentista Rafaela Santuzzi, que registrou o momento em que o cão foi deixado no acostamento e correu quilômetros atrás da caminhonete do dono. Ela acolheu o animal em seu carro.

captura_de_tela_2013-04-02_as_08

Nesta terça-feira (2), a nova dona contou que Leleco já está se acostumando com a família. “Em casa, somos só eu e meu marido, mas ele já está se dando super bem com a gente. Deixamos ele dormir aos pés da cama, pois percebemos que ele é muito carente. Se nos afastamos um pouco, ele já sai atrás da gente ou chora”, disse.

Kariny, que já tem outro cachorro em casa, contou que se sensibilizou com a história ao imaginar seu próprio cão sendo abandonado. “Essa antigo dono não tem coração. Acredito que, se a pessoa não tem condições de cuidar do cachorro, não abandone, entregue para adoção ou leve para um abrigo. Os cachorros criam um vínculo com a gente, é uma lealdade. A historia me comoveu muito”, explicou a coordenadora.

 A dentista que resgatou Leleco descreveu o momento que viu o animal sendo jogado para fora do carro. “Foi horrível, nunca imaginei que iria passar por isso. Sempre gostei de cachorros, desde criança eu tive cachorro, e ver aquilo foi um choque. Quase passei mal, foi a pior coisa que já vi na minha vida”, disse a dentista.

Ela ainda explicou que não tinha como ficar com o animal e a primeira intenção foi deixá-lo em um hotel para cães, mas encontrou ajuda. “Trouxe ele para Vitória, onde encontrei uma pessoa que abrigou o Leleco por uma noite. Ela também cedeu uma consulta veterinária para o cachorro, pois ele estava com a orelhinha inflamada. Agora ele vai receber os cuidados da nova dona, que eu espero que dê muito amor e carinho”, disse.

Texto retirado do site G1. 

OBS: Ainda existem pessoas boas, né? Amém! Que ele, sua protetora e a nova dona sejam muito felizes!!!

Muito obrigada por me avisar, Fabinho. Te amo!

Marilia Escobar

Published in: on 03/04/2013 at 20:40  Comments (1)  

25ª Feira de Adoção Cães e Gatos em BH.

157093_440508652701693_942682504_n

Published in: on 23/03/2013 at 10:23  Deixe um comentário  

Feira de adoção em BH no dia 23/03. Participe!

734564_323246041112473_1553930782_n

Published in: on 15/03/2013 at 21:26  Deixe um comentário  

Feira de adoção em BH. Você não pode perder!!!!

601610_548039348563573_538480688_n

Published in: on 15/03/2013 at 19:16  Deixe um comentário  
%d blogueiros gostam disto: