Diálogo de um cão com Deus!


“Sabe Senhor. Ainda não entendi,
viemos à praça, pensei ser um passeio,
estranhei, ele não tinha esse hábito,
mas vim, feliz. Aqui chegando, deu as
costas, entrou no carro, e nem disse
adeus.

…Olhei para os
lados, nem sabia o que fazer ainda tentei
seguí-lo e quase fui atropelado. O que
eu teria feito de tão mau?

À noite, quando ele chegava, eu abanava o
rabo, feliz, mesmo que ele nunca
viesse me ver no quintal. Às vezes eu latia,
mas havia estranhos no portão, e
não poderia deixá-los entrar sem avisar meu
dono.

Quem sabe foi a
mando de minha dona, por eu estar lhe dando
trabalho. Não foram as crianças:
elas me adoravam, e creio que nem sabem o que
aconteceu, devem ter-lhes dito
que eu fugi.

Como sinto saudades!
Puxavam-me a cauda, às vezes eu
ficava uma fera, mas logo éramos amigos
novamente.

Estou faminto, só
bebo água suja, meus pêlos caíram quase
todos. Nossa, como estou magro!
Sabe, Pai, aqui neste canto que arrumei para
passar a noite, faz muito frio,
o chão está molhado.

Creio que hoje vou
me encontrar aí contigo, no
céu. Meu sofrimento vai terminar, e mesmo em
espírito, vou ter permissão
para ver as crianças.

Peço-vos, então, não
mais por mim, mas pelos
meus irmãozinhos. Mande-lhes pessoas que deles tenham
compaixão. Como eu,
sozinhos não viverão mas que alguns meses na terra
do homem.

Amenize-lhes o frio, igual ao que agora eu sinto, com o
calor de atos de pessoas abençoadas.

Diminua-lhes a fome, tal qual a que
sinto, com o alimento do amor que me foi negado.

Mate-lhes a sede com
a água pura de seus ensinamentos,

transmitidos ao homem, elimine a dor das
doenças, extirpando a ignorância da terra.

Tire o sofrimento dos que
estão sendo sacrificados
em rituais, em laboratórios e tudo mais, tirando
dos humanos o gosto pelo sangue.

Ampare as cachorrinhas prenhas que
verão suas crias morrerem de
fome, frio e pestes, sem nada poderem fazer.
Abrande a tristeza dos que, como
eu, abandonados – Entre todos os males, o
que mais doeu foi esse.

Receba,
Pai, nesta noite gélida a minha alma,
pois não será mais meu sofrimento, mas dos
que ficarem, e por eles vos
peço.

Amém…”

About these ads
Published in: on 22/05/2011 at 18:07  Comments (7)  

The URI to TrackBack this entry is: http://mariliaescobar.wordpress.com/2011/05/22/dialogo-de-um-cao-com-deus/trackback/

Feed RSS para comentários sobre este post.

7 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Meu Deus,quem foi a pessoa que fez este desabafo?É maravilhoso,triste e dolorido!Quando olho os animais abandonados,é disto mesmo que eu tenho a impressao que eles estão sentindo!Chorei muito quando li,sou boba mesmo e chorona,tudo relacionado a animais em geral me sensibiliza.Espero que outras pessoas leiam este desabafo e pense mais antes de maltratar qualquer um destes bichinhos.Att.

    • Vanda e mamãe,

      Eu tbm chorei mto quando li esta prece. Me deu aquela vontade de pegar todos os animais abandonados e dar carinho, fazer o que esses donos não fizeram.

      Rezo por eles e peço a Deus para protegê-los.

  2. QUE DEUS ABRATODOS OS CORAÇOES PARA ESTA SINGELA PRECE

  3. VCS NAO FAZEM IDEIA DO TANTO QUE CHOREI LENDO, ESTA PRECE SOU LOUCO POR ANIMAIS ELA DIZ TUDO QUE EU SEMPRE QUIZ DIZER E NAO CONSEGUIA PENSE EM UMA PESSOA PREOCUPADA COM OS CAES PRINCIPALMENTE QUE SAO ABANDONADOS EM CASAS SEM COMIDA E AGUA E MORREM DOENTES. ELES SAO TAO GENTIS,FIEIS,AMIGOS SO QUEREM AMAR A GENTE E QUANDO VEJO ALGUEM CHUTAR UM CAO QUE SE APROXIMA PARA PEDIR COMIDA EU PARTO PRA CIMA NA DEFESA DELE E SE CONTINUAR ENTRA NA PORRADA MESMO.ME DESCULPEM A EXPRESSAO MAIS NAO AGUENTO VER MAUSTRATOS SE EU TIVESSE UM TERRENO E AJUDA DA COMUNIDADE COM OS ALIMENTOS SAIRIA APANHANDO OS CAES NA RUA E CUIDARIA DELES POIS TENHO MUITO AMOR NO CORAÇAO, AMEI MESMO TENHO 1 CAO PITBULL JA TIVE 14 MAIS OS VIZINHOS FIZERAM EU ME SEPARAR DELES SOFRI MUITO MAIS VISITO CADA UM DELES E ELES NAO ME ESQUECEM.QUE DEUS ABENÇOE MUITO ESTA PESSOA QUE ESCREVEU POIS SENTI NO CORAÇAO A SUA BONDADE. ROMINHOLF@GMAIL.COM

  4. também chorei ao ler isto,é emocionante.Pode animais são inofensivos serem castigados desta forma pelos seres humanos, qu se dizem racionais,racional que é racional não age desta forma,com crueldade

  5. como pode*

  6. Simplesmente comovente… Não há pessoa que não chore lendo está mensagem… Gostaria que todos os humanos pudessem enxergar esse lado triste que infelizmente acontece em nosso dia-a-dia. Centenas de animais são abandonados diariamente no brasil…
    alefsaw2010@hotmail.com


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 991 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: